quinta-feira, 23/05/2019
Início » Editorias » Cidades » Carnaval sem mortes nas rodovias federais de Sergipe
Duplichaves

Carnaval sem mortes nas rodovias federais de Sergipe

Publicado em 2 de março de 2017, 13:18

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou à meia-noite da quarta-feira de Cinzas, a Operação Carnaval 2017 nas rodovias federais de Sergipe. De sexta-feira, 24 de fevereiro, até ontem, 01 de março, foram registrados 13 acidentes, com sete feridos leves, dois feridos graves e sem mortes. Comparado ao carnaval do ano passado, houve redução de 35% no número de acidentes (20) e 61,9% no número de feridos (21), além do registro de uma morte em 2016.

Para o chefe de comunicação da PRF em Sergipe, Flávio Vasconcelos, os bons números apresentados não se devem apenas ao trabalho ostensivo de fiscalização, mas da parceria dos usuários das rodovias em atender às orientações da polícia. “Os números são reflexos do comportamento do condutor na rodovia. Se ele respeita a sinalização, os limites de velocidade, não faz ultrapassagens proibidas e não ingere bebida alcóolica ao dirigir, o resultado de uma operação será sempre positivo”, afirmou.

Excesso –  Com o aumento do número de veículos circulando pelas rodovias federais de Sergipe no período carnavalesco, a PRF intensificou a fiscalização para inibir a ação de motoristas infratores. Durante os cinco dias de operação, 721 condutores foram notificados, sendo 269 por ultrapassagens proibidas e 295 veículos flagrados circulando acima da velocidade máxima permitida nas rodovias federais de Sergipe.

Os condutores pagarão multas que variam de R$ 130,16 a R$ 880,41 (para as infrações de excesso de velocidade) e R$ 880,41 a R$ 2.934,70 (para as infrações de ultrapassagens proibidas). Todos terão lançados em seus prontuários de 4 a 21 pontos em suas CNHs.

Apesar do esforço de fiscalização em que mais de 1,3 mil testes de alcoolemia foram realizados e dos trabalhos de sensibilização em relação à bebida alcoólica ao volante, 23 condutores foram flagrados dirigindo embriagados, sendo que quatro deles apresentaram índice alcoólico para que fossem conduzidos à delegacia.

Além das atribuições de trânsito, a PRF também realiza o trabalho de combate à criminalidade nas rodovias federais. Quatorze pessoas foram detidas por diversos crimes como mandados de prisão em aberto, roubo e furto de veículos e uso de documento falso. Dois veículos com restrição de roubo/furto também foram recuperados.

Durante os dias de operação carnaval, a PRF realizou campanhas educativas com o objetivo de alertar condutores e passageiros sobre a importância da utilização dos equipamentos de segurança e o respeito às normas de circulação previstas no Código de Trânsito Brasileiro. No total, 1.579 pessoas assistiram a palestras e foram orientadas em 17 ações educativas.

Cerca de 150 animais foram recolhidos pela PRF nas rodovias federais de Sergipe somente durante os dias de Operação Carnaval. O número é alto e representa um perigo para quem trafega na rodovia. Os animais recolhidos foram encaminhados aos currais dos municípios de Nossa Senhora do Socorro e Estância, e seus donos quando identificados deverão comparecer ao Ministério Público Estadual para responder pelos crimes de abandono de animal e perigo de dano a usuários das rodovias.

 

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

Leia Também

Belivaldo e mais 13 governadores pedem revogação do decreto das armas

Catorze, dos 27 governadores brasileiros, entre eles o de Sergipe, Belivaldo Chagas, assinaram uma carta …