sexta-feira, 24/05/2019
Início » Editorias » Negócios » Aumento de ICMS trará consequências imprevisíveis
Duplichaves
A Fies cobra empenho dos governantes

Aumento de ICMS trará consequências imprevisíveis

Publicado em 19 de junho de 2015, 01:04

O presidente da Federação das Indústrias de Sergipe (Fies), Eduardo Prado de Oliveira, encaminhou hoje (18)  ofício aos deputados que integram a Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Tributação da Assembleia Legislativa de Sergipe, alertando que o projeto de lei do Poder Executivo que  aumenta a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o setor industrial trará “consequências e repercussões sociais imprevisíveis”.

O projeto de lei reajusta o ICMS de 17% para 25% sobre  o valor da energia elétrica consumida pelo setor industrial. Esse projeto, com data de 9 de junho, altera os dispositivos do artigo 18 da Lei 3.769 de 1996, que dispõe sobre operações relativas ao ICMS. Atualmente, o projeto está sendo apreciado na Comissão de Constituição e Justiça e em seguida será analisado pela Comissão de Economia.

Eduardo Prado reforçou que o projeto será um “curto circuito na produção industrial”, ressaltou que a indústria sergipana está fragilizada e não suporta acréscimos de tributos.

Leia Também

SergipeTec faz workshop para empreendedores digitais

Quer aprender a ganhar dinheiro nas redes sociais? Se a resposta for sim, você não …