segunda-feira, 13/07/2020
No Aulão Solidário, uma demonstração do kung fu

Aulão Solidário reúne mais de 100 atletas de artes marciais

Compartilhe:

Mais de 100 atletas de diversas artes marciais se reuniram, no último sábado, 23, no Parque da Sementeira, para o Aulão Solidário em prol do Lar Esmeralda, que atende crianças carentes do município de São Cristóvão. Foram arrecadadas  230 quilos de alimentos não perecíveis para a instituição.

Para o professor de karatê, Yoakan Jócelis, o evento foi um sucesso absoluto. Lá estavam atletas do jiu jitsukaratê, capoeira, goshin jitsu, kung fu,  kickboxing. E, claro, os pais e amigos dos alunos que foram acompanhar a performance deles. Num tatame, cada um mostrou o seu talento, suas habilidades, estimulando a não praticantes a iniciarem em uma das modalidades.

“Achei muito bom o kung fu. Cada movimento lindo”, disse Carolina da Silva Oliveira. O estudante Carlos de Souza gostou mais do goshin jitsu, enquanto Marcos César Menezes ficou atento aos katás (lutas imaginárias) apresentados pelos caratecas. “Acho fenomenal a capoeira. Uma luta que você nem percebe por causa da dança e do gingado”, completou Joseane Santana.  Enfim, cada um se identificou com uma modalidade.

Durante o aulão solidário foram sorteados brindes. A mostra de artes marciais contou com a parceria de Indaiá, Probiótica, MV Movidrolar, Gráfica Diogo, Viação Progresso e Katchi Artigos Esportivos.

“A tarde de sábado foi muito especial para todos que estavam ali, porque viram o respeito ao ser humano”, resumiu Yoakan Jócelis, ao destacar que todas as artes marciais visam o respeito pelas pessoas. Um dos lemas do karatê é “respeito acima de tudo”.

Compartilhe:

Leia Também

Retomada do Sergipão pode não ter data, acredita presidente interino do Frei Paulistano

O presidente interino do Frei Paulistano, David Willians, acredita que não tenha mais data para …

Deixe uma resposta