segunda-feira, 23/04/2018
Início » Editorias » Cidades » Assembleia Legislativa fará concurso público para 96 vagas
O contrato entre a Alese e Fundação Carlos Chagas foi assinado hoje, 12 Foto: Jadilson Simões/Alese

Assembleia Legislativa fará concurso público para 96 vagas

Share Button

Pela primeira vez em sua história, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) irá realizar um concurso público para substituir as 96 pessoas que, atualmente, trabalham em cargos comissionados. O contrato para realização deste concurso foi assinado, hoje, 12, entre o presidente da Alese, deputado Luciano Bispo, e a direção da Fundação Carlos Chagas.

O diretor geral da Alese, Roberto Bispo, explicou que o edital para o concurso será publicado no dia 12 de janeiro de 2018. As inscrições serão de 18 de janeiro a  27 de fevereiro. E as provas estão previstas para ocorrer no dia 22 de abril de 2018.

Ao todo, serão 42 vagas para analista legislativa de nível superior e 54 de nível médio, distribuídos da seguinte forma: apoio jurídico, cinco vagas; processo legislativo, 10;  duas para administração; duas para contabilidade; um para o setor de economia;  uma vaga para biblioteconomia, um para arquivologia; duas para médicos; três para odontólogos;  cinco para Enfermagem;  uma para psicólogos;  duas para assistentes sociais; uma para arquitetos;  uma para engenheiros civis;  cinco para jornalistas. Para técnico legislativo, nível médio,  40 vagas, e para taquigrafia, 14.

Os  doadores de medula e desempregados, com comprovação da real situação, ficarão isentos do pagamento de inscrição. O valor da inscrição para o nível médio  será de R$ 85 , e o de nível superior R$ 105 reais. “As isenções desses candidatos serão pagas pela Casa Legislativa”, garantiu Roberto Bispo.

Para o presidente da Alese, Luciano Bispo, concurso representa um marco para a história da Casa Legislativa. “É uma instituição de renome nacional, de transparência e lisura. Esperamos a inscrição de todos, passarão àqueles que melhor se prepararem. Com a assinatura desse contrato, a partir de hoje todo o desenvolvimento para realização de concurso ficará a cargo da Fundação Carlos Chagas”, comemorou  Luciano Bispo, ressaltando que a expectativa de inscritos para as 96 vagas é de 21 mil pessoas.

A Fundação Carlos Chagas responsável por toda a coordenação do concurso. “Trataremos de escolas, segurança, fiscalização, e tudo o que envolve o concurso. Agradecemos a confiança, e por fazer parte dessa história para a Casa Legislativa”, disse Etiane Constantino, chefe de Finanças e Orçamento da Fundação Carlos Chagas.

 

Share Button
WWebsites

Leia Também

Chuvas vão continuar em Aracaju, assegura meteorologista

Choveu bastante na madrugada de sexta-feira para sábado e a previsão do meteorologista Overland Amaral, …