terça-feira, 23/10/2018
Início » Editorias » Negócios » Aracaju terá encontro para quem quer morar, estudar ou trabalhar em Portugal
Duplichaves
Umas das praças de Braga Fotos: Câmara Municipal de Braga

Aracaju terá encontro para quem quer morar, estudar ou trabalhar em Portugal

Share Button

Que todos buscam qualidade de vida, isso é inegável. Mas que tal unir o útil ao agradável e desafiar-se em Portugal, que ocupa o terceiro lugar nesse item  na Europa e morar, justamente, na cidade de Braga, que lá na terra do além mar, ostenta o primeiro lugar. E aí, ficou interessado em mudar radicalmente de vida?

Se a resposta for sim, então não deixe de ir, na próxima terça-feira, 5 de junho, a partir das 18h30, no Hotel Quality, em Aracaju, no 2º Encontro BeBraga, cujo objetivo é mostrar as potencialidades das cidade, sobretudo para quem pensa em se especializar profissionalmente no exterior, adquirir experiências pessoais, ou mesmo fazer algum tipo de investimento empresarial.

Além de Aracaju, o evento estará acontecendo paralelamente, em Recife e São Paulo, através da Consultoria Internacional BeBraga, empresa especialista em serviços de mobilidade de pessoas que buscam Portugal como destino. O evento tem o apoio do escritório Monteiro Nascimento Advogados, da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju.

O advogado Carlos Augusto Monteiro alerta que Portugal tem  sido o destino preferido dos brasileiros e essa é oportunidade  de ver o que é oferecido àqueles que querem ir para as terras lusitanas.

Para participar, basta se inscrever através deste link:  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfCHk33XLQU2xGvrOtQrUV8n_jDdWunVrdxleOSx3HDfBpkAg/viewform

A cidade dos arcebispos

 

Somente três por cento dos 200 mil habitantes de Braga consideram que a cidade dos arcebispos não é um ótimo lugar para se viver. Os dados do último ‘Eurobarómetro sobre a qualidade de vida’ indicam que a capital do Minho ocupa o 3º lugar na Europa e o 1º em Portugal, com 97 por cento dos seus habitantes satisfeitos.

Braga partilha o terceiro lugar com mais oito cidades, como Málaga ou Estocolmo, embora nos itens considerados mais fundamentais a capital do Minho se destaque das restantes. A boa relação entre o preço e a qualidade da habitação e a excelência dos serviços de educação são os aspetos que mais contribuem para a extraordinária classificação da cidade, tendo aí conseguido os 2º e 3º lugares, respetivamente.

Braga é a cidade mais antiga de Portugal. Sua fundação vem do período antes de Cristo, ou seja, está aí há mais de dois mil anos. Inicialmente, foi fundada por um povo de origem celta, os Brácaros. Mas por volta do século 2 a.C. foi dominada pelos romanos, que na época eram comandados pelo Imperador Augusto. Resultado? O nome da cidade passou a ser Bracara Augusta. E assim foi por muitos e muitos anos, próspera, capital da província da Galécia (hoje, a Galícia e parte das Astúrias, na Espanha), até a queda do Império.

Infelizmente não há muitos lugares para se visitar desse tempo, somente a Fonte do Ídolo, as Termas Romanas da Cividade e o museu de Arqueologia. Supostamente, abaixo de toda a cidade que vemos hoje há ruínas romanas e boa parte das igrejas do centro histórico ou tem fundação em algum antigo prédio romano – a Sé de Braga, por exemplo, foi construída sobre as ruínas de um Templo da deusa Ísis. Mas não é permitido fazer escavações nessa área porque os prédios medievais são monumentos nacionais tombados.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Petrobras anuncia redução de 2% no preço da gasolina

A Petrobras anunciou hoje (22) uma redução de 2% no preço da gasolina comercializada em …