quarta-feira, 22/05/2019
Início » Editorias » Cidades » Acessibilidade: sentindo o problema na pele
Duplichaves

Acessibilidade: sentindo o problema na pele

Publicado em 22 de setembro de 2015, 19:44

Durante toda manhã do último domingo, 20, a Praça Tobias Barreto tornou-se o centro do movimento pelo direito a acessibilidade. Diversas ações aconteceram simultaneamente visando chamar atenção da população e autoridades para a III Semana Aracaju Acessível.

A calçada Itinerante, projeto de responsabilidade social da Faculdade Maurício de Nassau, foi umas das atividades que possibilitou por um momento vivenciar as dificuldades que cidadãos que possuem mobilidade reduzida ou deficiência enfrentam diariamente para se locomover.

A calçada trouxe diversos obstáculos que simulam o ambiente real encontrado pelos deficientes e idosos em seu dia a dia para transitar pela cidade. Buracos, sacos de lixo, rampas, degraus e até um poste foram espalhados por todo o percurso. Vendadas e apenas com o auxílio de uma bengala, as pessoas tiveram que se aventurar e sentir na pele as contrariedades que os deficientes podem encontrar.

A experiência gerou diversas reflexões. “É uma experiência difícil, a gente se sente impotente, com muito medo” revela Adeli Carneiro dos Santos, diretora regional do SESC.

A aposentada Nilza Menezes Souza de 69 anos passou pela calçada e descreve a sensação que foi enfrentar um espaço cheio de barreiras. “Eu sinto vergonha. Eu sou uma cidadã sergipana, tenho muito orgulho da minha cidade, mas infelizmente ainda não tem uma conscientização do povo, principalmente das autoridades” afirmou.

Lucas Aribé, organizador do evento e deficiente visual também ficou impressionado com o grau de dificuldade que as pessoas com deficiência enfrentam. Para Lucas a falta de acessibilidade representa um prejuízo enorme, pois esse é o principal direito do cidadão, o direito de ir e vir.

Para a diretora da Faculdade, Giomara Basso, o objetivo proposto foi alcançado e as pessoas que participaram desse desafio saíram muito mais conscientes. A programação do evento segue até o dia 27 deste mês com diversas atividades que englobam a temática do trabalho como instrumento de transformação social.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

Leia Também

É hoje a entrega do Prêmio Setransp de jornalismo

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Aracaju (Setransp) faz, hoje, às 20 horas, …